01 setembro 2009

Rede de Sóis


és a minha rede: onde me deito; a que me prende,
e, ampara; me permite repouso.
aquela
onde durmo e recuso não sonhar - aí sinto calor e sorrio; respiro o frio: ignorando-o.
onde choro e me sinto eu.
és a rede que teço com as mãos tacteadas pelos teus dedos.
és:
a rede onde as palavras gostam de estar presas e animais inverosímeis procuram refúgio
(onde encantadoramente cerceados afinal correm; voam: inimaginável)
tenho-te: foges ao alpendre de madeira que se ergueu do som dos meus passos na pedra milenar.
é glorioso o sopro pelos intervalos doces e silenciosos dos teus fios ténues, brancos.
que força brutal brota desse entrelaçado de doçura com chamas domadas a chuvas quentes.
que saboroso é escutar o mar nesses espaços invisíveis que existem nas cordas cheias: desfile de finas fragrâncias.
Respondes-me ao facto de não terem estado definido, os elementos de que és feita, rede?
os vapores que exalas sobre a pele repleta: dos dias da exaustão, elevam as torrentes de água cristalina onde estes olhos a arder recusam não ser arrastados.
pedras milimetricamente redondas com cheiro de madeira e humidade das terras insubmissas, tracejam-me: abraçado por essa dança simétrica: ventos ocultos: sete, onde não se movem violentos os braços para a afastar, resignados: vertigem; queda procurada.
a confirmação da fábula dos movimentos de embalo; complexo desenho; caleidoscópico?
- simples.
barreira erguida aos aluviões ou leito mergulhado por peixes geráveis, mordidos pela ausência dos gritos tumultuosos?
- já não sei.
porque me prendo a ti, rede? - estou contido, os números não viajam sós: a apologia da voragem sobre o ocaso de espelhos dispara, em queda, o começo do dia.

2 comentários:

Anónimo disse...

Para mim, tal como uma pintura, um poema tem as interpretações que cada receptor lhe dá, e todas são válidas, independentemente das intenções e verdades do autor.

Amo esta rede, que pode ser tudo o que a nossa imaginação desejar.

EuSou

Nuno disse...

Obrigado pela leitura, apreciação e comentário :)