13 dezembro 2009

Até as sociedades mais primitivas admitem os seus loucos 20091213


Uma sequência de canções sem (aparente) fio condutor.
Oscilações por entre anos de edições, apelando ao efeito surpresa em tudo o que as diferencia e une, numa distinção dilúida, sob a chancela da coexistência que apenas a intemporalidade permite.

Agora o que é verdadeiramente importante: canções em movimento riodescendente, que sabem onde as encontrar, para audições de sentidos despertos, caminhos abertos e auscultadores apertados :), num formato mais longo, em que no seu percurso nada foi deixado ao acaso, impondo a resiliência da escuta.

01. Crevecoeur – #1 – “We Love The Ranch” – 2007
02. Agent Ribbons - On time travel and romance – “The Boy With The Wooden Lips” – 2006
03. Yeasayer – Odd Blood – “Ambling Alp” – 2010
04. Wall Of Voodoo – Call Of The West – “Lost Weekend” – 1982
05. Fever Ray – Fever Ray - “When I Grow Up – 2009
06. The Sundays – Reading, Writing & Arithmetic - “Can’t Be Sure” – 1996
07. Unkle – Showreel - “Weight Of The World” - 2009
08. Miles Benjamin Anthony Robinson – Daytrotter Session – “Boat” – 2009
09. Pavement – Brighten The Corners - “No Tan Lines” – 2008
10. Doveman – The Conformist - “From Silence” – 2009
11. Archive – Controlling Crowds – “Chaos” – 2009
12. Howe Gelb – 'Sno Angel Winging It - “Astonished” – 2009
13. Odawas – The Blue Depths - “Harmless Lover's Discourse” – 2009
14. Azure Ray – Hold On Love - “Sea Of Doubts” – 2003
15. ...And You Will Know Us By the Trail of Dead - The Century of Self – “Luna Park” – 2009
16. Harlem Shakes – Technicolor Health - “Natural Man” – 2009
17. Throwing Muses – Bright Yellow Gun - “Red Eyes” – 1995
18. Jason Lytle – Yours Truly, The Commuter – “Ghost Of My Old Dog” – 2009
19. New Order – Power, Corruption & Lies - “Your Silent Face” – 1983
20. Rodrigo Leão & Stuart A. Staples – A Mãe - “This Light Holds So Many Colours” - 2009

2 comentários:

p disse...

ouvi tudo. é uma imensa viagem, que dá vontade de repetir muitas mais vezes.


(cheguei tarde a este blog, passei meses este ano a sacar às pingas MBAR e Harlem Shakes, um desespero total, e mesmo assim não tenho nenhum dos que aqui tens :))

Nuno disse...

Obrigado pela escuta e comentário.
Quanto aos MBAR e HS "i think that probably be managed"