28 fevereiro 2010

Festival Para Gente Sentada



Camera Obscura a ultrapassar expectativas: excelente (até sentado).
Foi parecido -para muito melhor- com este excerto com uns anos.
Grande final.

Quanto a boas surpresas: Noiserv. Ousem. A ter debaixo de olho e sob escuta.

E Bill Callahan: jísasfaquinguecráiste!: já tinha dito, não já?
Com desculpas pelo som - puxem um bocadinho - mas agradecimentos a quem o fez, da 2ª plateia.
E Neal Morgan? Que músico.

3 comentários:

p disse...

as meninas que o gravaram e que se viram gregas para o disponibilizar com o mínimo de som aceitável, agradecem o agradecimento, pelo menos uma delas :)

rosa disse...

nesse dia estive no nimas com a nancy elizabeth, não me podendo dividir em duas e podendo optar, bill c.

Nuno disse...

Nuno deixou um novo comentário na sua mensagem "Festival Para Gente Sentada":

A actividade profissional e o estado de catarse da prestação de Bill "Smog" Callahan não permitiram escrever sobre um concerto magnifico: fica o alinhamento, para quem o filmou e não disse nada e para quem assistiu a Nancy Elizabeth, detentora de - pelo menos - dois álbuns excelentes: Battle and Victory e Wrought Iron e para quem eventualmente o quisesse saber.

01.Jim Cain
02.All Thoughts Are Prey To Some Beast
03.Rococo Zephyr
04.Batysphere
05.The breeze / My baby cries
06.Eid Ma Clack Shaw
07.Too many birds
08.The wind and the dove
09.Say valley maker

Sem direito a encore, mas à voz e a guitarra de Bill Callahan e à incrivel prestação de Neal Morgan: aquilo de bater nas áreas de madeira da bateria daquela forma é brutal.

Agora: quantos mais alinhamentos de canções soberbas Bill Callahan poderia invocar?